Blog de Revisão

A vida secreta dos brasileiros que trabalham no 'Uber do pornô'

Infiéis

No Brasil, o Câmera Privê tem cerca de 8 milhões de clientes cadastrados, dos quais mil têm assiduidade mensal na compra de créditos que permitem serviços com preços variados, de shows exclusivos à possibilidade de controlar por meio de aplicativo um vibrador usado ao vivo pelos modelos. Como nas ferramentas de transporte, boa parte do que os profissionais arrecadam é repassada automaticamente para a empresa dona da plataforma. Por outro lado, também contaram como o serviço gerou dinheiro, prazer e confiança para se exibir a pessoas estranhas. Alice nome fictíciotambém de 24 anos, conta uma história semelhante.

Procuramos mulheres 969289

Milhões de clientes

Para mulheres como Benaia Lopes Ferreira resta lamentar a morte do marido e lutar para impedir que outros enveredem pelo caminho de seu companheiro. Tirou a vida dele e transformou a minha para sempre. Batalha perdida para a violência A autônoma Benaia Lopes Ferreira, 32 anos, travou uma certame contra o crack durante quatro anos para manter o marido longe do vício. Da primeira tragada até o dia em que foi assassinado, Jorge perdeu suas referências. Brigou com a família, vendeu tudo o que tinha e jogou fora as oportunidades de emprego. Disposto a largar o vício, chegou a internar-se numa clínica. Quando recebeu alta, voltou para Sobradinho 2, onde morava.

Você está bloqueado temporariamente

Foram quase 2 anos, entre muitas idas e vindas, bem conturbado. Eu sempre fui gorda. Ou gordinha. Ou fofinha. Tive fases magras, mas no grosso sou gorda desde a infância. E sempre fui vaidosa e cheirosa. Voltamos a namorar pouco tempo depois desse término. Eu era muito apaixonada e o sexo com essa ex-namorada se tornou um suplício.