Blog de Revisão

Entenda por que cada vez mais mulheres nos EUA escolhem não ter filhos

Discretas

Muitas mulheres começam o próprio negócio, a fim de conseguir conciliar a maternidade com a vida profissional. É importante avaliar bem sua agenda, a fim de harmonizar tantos afazeres. Portanto, evite a escolha de parceiros que parecem competir com você, tanto nos negócios como em sua vida pessoal. É essencial que você tenha ao seu lado alguém que ajude e a apoie. Uma boa dica é criar uma agenda para a sua rotina. Mas antes de criar essa agenda, estude o seu ritmo e todas as tarefas que precisa realizar — o que pode envolver desde levar o filho para escola e preparar as refeições dele, como também as reuniões, treinamentos e gerenciamento de seus negócios. Dedicar-se a um negócio próprio muitas vezes significa trabalhar duro e por muitas horas. É claro que você deve reservar momentos para o lazer com os filhos, mas, se puder incluí-los em parte da rotina de trabalhomelhor ainda. Caso o seu empreendimento tenha uma sede fora da sua casa, é importante que eles se familiarizem também com esse ambiente.

Senhoras para 720251

Serviços Personalizados

O alerta é da juíza da Infância de Recife PEHelia Viegas Silva, que acompanha muitos casos desse gênero e participa de iniciativas que tentam portar orientações seguras para que essas mulheres passem por essa dificuldade da preferível maneira possível. Maria estava na faculdade quando descobriu a gravidez, ficou desesperada e fez tentativas de aborto, sem êxito. A criança depois foi encaminhada para a Vara da Infância e da Juventude do município. Somente depois o nascimento dos filhos, elas foram novamente avaliadas e ainda teriam a chance de desistir da entrega, com uma audiência marcada após o período puerperal.