Blog de Revisão

Meu marido me convenceu dar para a travesti e eu amei

Discretas

Contos adultos » Contos eróticos de travesti » Eu minha esposa e uma travesti Eu minha esposa e uma travesti Publicado em setembro 14, por CooledCutie Enviado por: JR Ola pessoal meu nome é junior. As duas veio mandaram eu mim deita. Mim deitei foram tiram minha cueca … E as duas começaram a dividi meu pal na boca que delicia. Deitei a taynar de costa na cama … Tirei a calcinha dela … E fui abrir aquela bunda gostosa e dei uma chupada no cuzinho dela ela deu uma gemida bem gostosa e falou isso safado chupa meu cuzinho vai …. Dei umas chupadas peguei o gel passei no cuzinho … Metir 1 dedo 2 dedo. Botei camisinha … E botei a cabeça do meu pal bem na entrada e fui forçando. Ela gemia e falava vai safado bota tudo vai. Metir ate o talo e comecei a fuder … Isso minha esposa do lado se masturbando … Pedir p ela fica de 4 ela fica eu meto com mas força e ela geme … Fode vai fode meu cu hummmmmmm Depois de um tempo saio mim deito ela vem por cima. Nossa q cavalgada.

Anúncio erótico 79741

Categorias populares

Eu era uma caloura na universidade quando descobri, para minha surpresa, que estava loucamente apaixonada por minha melhor amiga. Eu fui a primeira pessoa guei que a maioria de meus amigos conheceu. Mas eu gostava de ser gay. Os dois queriam netos e um casamento heterossexual para mim. Encontrar um homem que me amasse e tomasse conta de mim era um de seus principais objetivos na viver. Mas enquanto meus pais estavam preocupados com meu futuro, eu estava mergulhada na cena gay da faculdade. Encontrei minha turma. Viver o fim do meu primeiro amor foi devastador. Sofri muito.

Tendências recentes

Meu marido me convenceu dar para a travesti e eu amei 6 votes Minha história começou no dia que meu relacionamento com meu marido deu uma esfriada. Se eu sempre recebia cantadas, assovios e elogio nas ruas, porque meu marido esfriou comigo? Um dia descobri o porque. Ele me tratava como uma puta mesmo, zero estava bom. Acho que o que eu disse afetou o ego dele. Um dia ele chegou com um buquê de flores, todo carinhoso e disse que queria fazer as pazes e conversar.