Blog de Revisão

Comuna de Paris Estado e Direito

Desejo

Editora Martin Claret Ltda. O livro é um produto industrial. Mas também é mais do que um simples produto. O livro na Antiguidade Antes mesmo que o homem pensasse em utilizar determinados materiais para escrever como, por exemplo, fibras vegetais e tecidosas bibliotecas da Antiguidade estavam repletas de textos gravados em tabuinhas de barro cozido. Eram os primeiros livros, depois progressivamente modificados até chegarem a ser feitos — em grandes tiragens — em papel impresso mecanicamente, proporcionando facilidade de leitura e transporte. Com eles, tornou-se possível, em todas as épocas, transmitir fatos, acontecimentos históricos, descobertas, tratados, códigos ou apenas entretenimento. No moderno movimento editorial das chamadas sociedades de consumo, o livro pode ser considerado uma mercadoria cultural, com maior ou menor significado no contexto socioeconômico em que é publicado. Enquanto mercadoria, pode ser comprado, vendido ou trocado. A palavra escrita venceu o tempo, e o livro conquistou o espaço.

Contato de 426675

Document details

Nós entendemos que uma cinematografia se faz de bons filmes. É um percentual que chega a ser risível, é constrangedor. Existem projetos para atuar nesse sentido ou isso continua congelado? Esse é um elemento extremamente positivo.